Posts com Tag ‘Amizade’

Publicado: 06/05/2011 por Flicsotera em Poemas
Tags:, ,

Eis que chega retumbante,

Sem o cavalo da tradição.

Vem o nobre galante,

Só de teclado na mão.
(mais…)

Cuidadosamente

Publicado: 19/04/2011 por Shalott L. em Citações, Criações
Tags:, , , , ,

É preciso ser paciente – respondeu a raposa. – Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim, na relva. Eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, a cada dia, te sentarás mais perto…

Illecaro- Parte II

Publicado: 19/04/2011 por Flicsotera em Textos
Tags:,

Os Raios solares incidiam quentes sobre a pele acizentada de Illecaro. E essa boa sensação fizera-o fechar os olhos e absorver o momento num suspiro de paz.

(mais…)

Poema para ti

Publicado: 06/04/2011 por Flicsotera em Poemas
Tags:, ,

Sempre que o meu dia começa,

Já está quase no final.

Para que eu não me esqueça,

Que tudo é um ritual.

(mais…)

Illecaro – Pt 1

Publicado: 25/03/2011 por Flicsotera em Textos
Tags:,

Esta Imagem não nos pertence. Obrigada ao Criador.

Era uma vez um reino encantado chamado Apilif. Nesse reino todos viviam na mais pura de todas as harmonias e a honestidade era o prato do dia. Era o Local perfeito para se viver e todos que ali moravam sabiam disso.

Um dos habitantes do reino era um elefante mágico que gostava de dar longos passeios pelos prados verdejantes. Esse elefante era enorme e, por isso, sentia-se um pouco marginalizado por aquela comunidade perfeita. Ele era como que a ovelha negra num rebanho imaculado.O elefante jamais se tinha conseguido encaixar no meio dos outros animais de Apilif e a sua condição como ser mágico não ajudava em nada.

(mais…)

Diga aí amigo…

Publicado: 14/03/2011 por LippeCant em Criações, Poemas
Tags:, , ,

Diga ai amigo! Como vai você?
Estou aqui contigo, você também me vê.
Ás vezes sou seu clone. E você é o meu.
Não temos o mesmo nome. Mas nossa vida se perdeu.

E encontros, e desencontros.
Do mesmo sopro que atravessa eu e você
Se estou contigo, é porque estás comigo
E nós, não podemos nos perder!